"Em Portugal não se passa nada. Não há drama, tudo é intriga e trama....", in Portugal hoje, o medo de existir, José Gil

Wednesday, June 28, 2006

Deslocaçoes, dinheiro e ratos


"Os deputados vão receber este ano mais de 3,5 milhões de euros para se deslocarem do seu local de residência até à Assembleia da República. Segundo o Correio da Manhã, esta verba representa um aumento de 27,4 por cento em relação a 2005… "

Agora imaginem só se as estradas fossem estas, as do nosso interior profundo....Afinal, não era por causa dos ratos, não....

Saturday, June 24, 2006

Capoeira


Depois de uma bela noite são joanina, a cantar e a dançar até de madrugada, a cidade acordou ao som de batuques e berimbaus:)

Capoeira, uma arte bem bonita de se ver. Mas aquilo deve ser dificil pa cara...o

Thursday, June 22, 2006

Fim-de-semana pelo interior

Para os que pretendem ou têm de passar o fim-de-semana pelo Interior profundo e ostracizado, aqui fica a programação de algumas das coisas que vão acontecer e que nós sabemos!!!!!heheheh
Vai já antecipado que é para terem tempo, se é que alguém nos lê, de programarem;)

Amanhã, dia 23, Mário Laginha e Bernardo Sassetti no Cine-Teatro de Torre de Moncorvo.

No dia 24 de Junho, em Vinhais, festa Bee com os Djs da Antena 3: Dj Nuno Calado; Dj Rui Estevão; Vj Filipe Nabais.

Bragança, sábado, dia 24 - Dia do Desporto, demonstração de capoeira às 10 da manhã na Praça da Sé, à tarde nas piscinas do Académico, e à noite no bar Lagoa Azul e na discoteca Mercado

Programa oficial do Dia do Desporto (organização da câmara municipal)

Das 10h às 13h
Solta o teu Corpo | Anfiteatro Jardim do Fervença

Gira Voleil | Zona plana relvada Rio Fervença

Futebol e Andebol | Praça Camões

Hóquei e Basquetebol | Ringue

Gincana de Bicicleta | Praça da Sé

Canoagem | Rio Fervença

Ténis de Mesa | Átrio do Centro Cultural

Baptismo de Mergulho | Piscina Municipal

Capoeira | Ruas do centro da Cidade

No mítico castelo de Bragança, que tem a forma de coração, o TEB (Teatro de Estudantes de Bragança) organiza o Solstício de Verão.

Também de 23 a 25 a AEPGA organiza um passeio de burro "Por caminhos da Raia"
Dia 23 (sexta-feira)
12h00 - Recepção dos participantes na delegação da AEPGA em Pena Branca (antigo edifício da escola primária) - As inscrições podem ser efectuadas durante todo o dia de sexta-feira ou às 9h00 de Sábado, junto da organização.
15h00 – Partida para a Aldeia de Piño del Oro
16h00 – Início do passeio em direcção a Brandilanes
18h00 – Chegada a Brandilanes
20h00 – Jantar
21h00 - Projecção do filme "L Burro i l Gueiteiro - 2005"
21h30 – Arraial Tradicional

Dia 24 (sábado)
09h00 – Mata-bicho em Brandilanes
09h30 – Brandilanes - Castro de Alcañices
11h00 – Chegada a Castro de Alcañices
12h30 – Partida em direcção a Paradela
13h00 - Almoço campestre no parque de merendas junto da ribeira que faz fronteira
15h00 – Jogos populares.
17h00 – Partida em direcção a Paradela
18h30 – Chegada a Paradela
20h00 – Jantar em Paradela
21h30 – Arraial Tradicional com Gaiteiros e Grupo de Cantares de Paradela
00h00 – Transporte dos participantes aos locais de pernoita

Dia 25 (domingo)
08h30 – Transporte dos participantes até Paradela
09h00 – Mata-bicho em Paradela
09h30 – Paradela – Ifanes
11h00 – Chegada a Ifanes. Animação com gaiteiros
12h00 – Almoço campestre em Ifanes
15h00 – Jogos populares.
16h30 – Ifanes - Constantim
19h00 – Chegada a Constantim. Animação com gaiteiros
19h30 – Jantar em Constantim
21h00 – Arraial Tradicional com Gaiteiros.

Wednesday, June 21, 2006

Preguiça

Morrinha...

Ultimamente pouco tem sido dito sobre o Interior Profundo e a vida das suas gentes. O nosso colaborador, num vipe de loucura, decidiu dissertar sobre a sua bida (http://aiaminhabida.blogspot.com), dando provas irrefutáveis que viver no interior pode causar graves danos psicologicos....

E como está calor, dá uma morrinha....além disso, pouco ou nada tem acontecido. Além disso hoje joga um país qualquer chamado Portugal, que integra jogadores do Porto (DECO DECO ALLEZ ALLEZ) num campeonato ao qual chamam Mundial (suponho que é por participarem muitos países), e por isso, anda tudo mais parado do que o normal.

Por exemplo hoje, jogam esses de Portugal, um país aqui ao lado do Interior Profundo (o Interior é que marca a fronteira entre Portugal e Espanha, para se situarem) e quase ninguém trabalha, mesmo aqui no Interior Profundo. Sei lá, deve ser solidariedade ou assim. De vez em quando, os que mandam em Portugal visitam o Interior e distribuem umas ajudas, e tal, como fazem com Angola e Moçambique, deve ser por isso...

Monday, June 05, 2006

A cidade


A cidade, no seu dia a dia. Ontem como hoje....

Douro Internacional


Este seria o local que o senhor Patrick Monteiro de Barros tinha em mente para instalar a central nuclear. Está provado que o alcool, a longo prazo, provoca a morte e degeneração das células cerebrais....

De regresso

Após um pequeno interregno na escrita quotidiana do interior profundo, Cascavel regressa, com novidades pouco novas, próprias de um ciclo repetitivo interiorizado já nas gentes transmontanas.

O fantasma da central nuclear está de regresso, passados quase vinte anos. Está de regresso, mas vai partir. Porque tal como há vinte anos, o assunto não passará. "Para lá dos montes mora uma gente não se governa nem se deixa governa" - já se pode ver que tal é a raça". Comentários de café, verdades "la palice".

Thursday, May 04, 2006

Portugal, no limiar da pobreza


Eu às vezes ainda me questiono se, de facto, vivo num país, sim porque Portugal não é um país a serio. Anexem-nos por favor....

Wednesday, May 03, 2006

Interior lunatico

No caminho de casa para o trabalho deparei com algo que cada vez me faz mais gostar deste meu presidente de câmara.
Que ideia brilhante ele teve, crateras na estrada!
Brilhante. Ahh e há quem ande a pagar fortunas para ir à lua! tss tss
Este presidente sim, pensa nos seus cidadãos! Uma vez que a maioria não se pode dar ao luxo de fazer uma viagem à lua, toca a dotar as belas estradas da cidade com crateras capazes de fazer corar de inveja as lunares! Assim todos podemos usufruir da sensação de andar na lua pelo meio das crateras, simplesmente brilhante.
E como para a maioria de nós, as taxas municipais que pagamos são de pôr os cabelos em pé e nos deixam
sem fôlego, experimentamos a sensação completa: ausência de gravidade e crateras.

Obrigado Sr. Presidente.